7 factos interessantes sobre  arranha-céus construídos em Moscovo nos tempos de Stalin

21-02-2022

Os sete edifícios, apelidados as Sete Irmãs, são bem conhecidos fora da Rússia.

  • A construção de todos os edifícios começou no mesmo dia, 7 de Setembro de 1947, na data do 800º Aniversário de Moscovo
  • Os arquitetos soviéticos criaram o novo estilo, "classicismo monumental Soviético" ou "Empire de Stalin"
  • Houve rumores que por debaixo dos edifícios estavam os bunkers governamentais, mas não é verdade, trata-se dos refúgios para a população em caso de bombardeamentos.

O maior está situado por debaixo do arranha-céus na Praça Kudrinskaia e tem a área total igual à base deste edifícil:

  • O edifício nesta Praça tem o nome "A Casa de Aviadores" porque viveram lá os pilotos, cosmonautas e desenhadores de aviões
  • A casa na Marginal Kotelnitcheskaia apareceu o maior número de vezes, em comparação com outros edifícios, nos filmes 
  • A Universidade Estatal de Moscovo, MGU, é a maior obra das sete por seu tamanho e altura. A legenda diz que no piso "-3" funcionam os geradores do frio que congelam o subsolo, e se estes deixam de funcionar, o arranha-céus vai deslizar-se ao Rio Moscovo. Há outro mito que diz que a altura de MGU é igual à profundidade para a qual vão as suas estruturas subterrâneas