Pianista russa residente em Portugal lança álbum produzido no Algarve

01-06-2021

O álbum de estreia da pianista, compositora e cineasta Svetlana Bakushina, 'Sun and Frost', está agora disponível, em formato digital e físico, anunciou a própria pianista, que produziu o álbum integralmente no Algarve.

O álbum de 14 faixas, com composições originais para piano solo, bem como faixas extra, gravado em colaboração com músicos de Portugal, do Brasil, da Holanda e dos EUA, está disponível em todas as plataformas de streaming. Para além disso, o álbum completo está disponível em forma de partituras num livro e em formato físico, em CD DigiPack.

Bakushina é oriunda da Sibéria, mas desde que se mudou para Portugal abriu o seu estúdio de piano, em regime privado. Tendo-se destacado anteriormente no mundo da cinematografia, Bakushina já teve a sua banda sonora presente na seleção oficial do Festival de Cannes, realizou e atuou em curtas-metragens de ficção, e produziu mais de trezentos anúncios televisivos por todo o mundo.

Adicionalmente, esta compositora já recebeu grandes reconhecimentos pela sua fotografia, tendo participado em mais de cem exposições, com o seu trabalho em propriedade do Museu Estatal de Arte de Novosibirsk, Museu de Belas Artes de Omsk, e uma infinidade de colecionadores privados.

O 'Sun and Frost' é uma terna homenagem às raízes siberianas de Bakushina. Tendo vivido numa povoação temporária, na 'Taiga', por detrás do Círculo Polar, Bakushina tornou-se próxima dos frequentes ecos de canções indígenas e tempestades de neve, rodeados por luzes árticas e animais selvagens.

Este álbum de piano contemporâneo serve como uma reflexão alargada da experiência de Bakuhsina ao viver nesse mundo, com cada faixa retratando elementos do cenário encantador do Norte, vozes nativas e ritmos de percussão, enquanto ilustrando o ambiente mágico das florestas e do oceano circundantes. Contudo, as visões não são romantizadas, começando aliás pelo tranquilo 'Social isolation', onde Bakushina expressa o isolamento resultante do facto de, em conjunto com a sua irmã, terem sido as únicas crianças da povoação.

O 'Sun and Frost' apresenta-se como uma representação pungente e vulnerável da infância isolada de Bakushina, com os títulos contundentes das canções retratando os aspectos da vida hiperbórea. 

Fonte