Primeira vacina registrada contra o COVID-19

12-08-2020

A tecnologia de utilização de vetores adenovirais como vacinas vetoriais vem se desenvolvendo desde a década de 80 do século passado. Ela é segura e eficaz, o que é confirmado em inúmeros estudos. 

Atualmente, existem cerca de 165 vacinas diferentes que estão sendo desenvolvidas em todo o mundo contra a COVID-19. Os principais tipos de vacinas incluem: vacinas baseadas em vetores virais, vacinas baseadas em vírus, vacinas baseadas em ácidos nucleicos e proteínas. A vacina russa baseada em vetor de adenovírus foi registrada pelo Ministério da Saúde da Rússia em 11 de agosto e se tornou a primeira vacina contra o COVID-19 registrada no mercado. O anúncio criou o chamado "momento Sputnik" para a comunidade global de pesquisa de vacinas.

Em 1957, o lançamento bem-sucedido do primeiro satélite espacial pela URSS intensificou a pesquisa espacial em todo o mundo. Graças a essa comparação, a nova vacina russa COVID-19 foi denominada Sputnik V.

Fonte: https://sputnikvaccine.com/prt/about-vaccine/