Vladimir Putin recebeu no Kremlin o Presidente da República da República Turca 

05-03-2020

Vladimir Putin recebeu no Kremlin o Presidente da República da República Turca da Turquia, que veio à Rússia numa visita de trabalho.

Os líderes dos dois países discutiram as questões e possíveis formas de resolver a crise Síria à luz da situação na zona idlib.

* * *

💬 v. Putin: Boa tarde, querido Sr. Presidente!

Obrigado por se juntarem a nós. Nós, como sempre, temos algo para falar. E agora a situação na famosa zona, em idlib, na Síria, aumentou tanto que exige, claro, a nossa conversa pessoal direta.

No início da nossa reunião, gostaria de expressar as minhas sinceras condolências pela morte dos seus soldados na Síria. A morte das pessoas é sempre uma grande tragédia.

Infelizmente, como lhe disse numa conversa telefónica, ninguém, incluindo os soldados sírios, sabia da sua localização. Durante este tempo, infelizmente, os soldados sírios ficaram feridos: o exército sírio tem graves perdas.

Por isso, claro, precisamos de falar com todos vocês, toda a situação que aconteceu até à data para que nada assim: a) não se repita e b) não destrua a relação russo-turca com que sentimos - e eu também te conheço, - muito cuidadosamente e agradeço.

Como pediram, estamos prontos para iniciar uma conversa com olho a olho e depois, se necessário para conectar os nossos colegas que estão aqui no corredor.

Bem-vindo!

💬 Erdogan (como traduzido): Sim, Sr. Senhor Presidente, também queria expressar a minha gratidão pelas boas-vindas.

Como sabem, deveríamos ter tido esta reunião na Turquia, mas devido às vossas mudanças constitucionais, decidimos aceitar o vosso convite e vir aqui. Claro que a nossa reunião de hoje em conexão com as conversas é importante.

Na verdade, é uma situação muito stressante em idlib. Sei que o mundo inteiro tomou hoje as suas opiniões aqui, e acredito que os nossos passos a dar hoje e as nossas decisões irão certamente facilitar as coisas.

Entre os nossos países - estamos apenas a passar pelo tempo, o período em que a nossa relação atingiu o seu auge. Trata-se definitivamente da indústria de defesa e das relações comerciais, etc. Eles continuam a desenvolver-se.

Acreditamos e dizemos que precisamos de avançar nessa direcção. E o nosso maior desafio é mover e desenvolver esta relação. E acho que vamos conseguir nisto.

Mais uma vez, gostaria de expressar a minha gratidão por esta recepção.

<...>

🔗https://kremlin.ru/events/president/news/62936